Machu Picchu – Peru

Oi gente ! Obrigada pelas visitinhas na fan page que aos poucos começa a ganhar forma !

Se você ainda não conhece vai lá no Adriana Carolina pelo Mundo e dá um curtir 🙂

No meu primeiro post específico sobre um lugar vou falar de Machu Picchu. A minha trip ao Peru durou 11 dias e foram todos maravilhosos cheios de coisas pra mostrar , por isso vou por partes.

Machu Picchu está na moda, é cool  dizer que foi pra lá . Eu escolhi ir ao Peru porque esse lugar começou a me chamar intensamente. Como me sinto num processo de transformação pessoal,  ir pra Machu foi meu presente de aniversário de 35 anos . Acho chique.

Existem várias formas de chegar lá, mas basicamente todos os turistas partem de Cusco. Como eu fui sozinha achei que uma forma segura era viajar com o passeio a Machu Picchu já contratado .O Rolando, da  Wilka Travel fez o meu itinerário e achei que valeu a pena. Paguei aproximadamente U$D 300 o pacote com vários passeios aos sítios arqueológicos (Korycancha , Templo del Sol, Tambomachay, Sacsayhuaman ) que tem em Cusco e a ida a Machu Picchu que já incluía as passagens de trem , a entrada do parque e uma noite em Águas Calientes que é onde dormimos antes de subir pra Machu. Tudo organizado e zero dor de cabeça , só chegar e correr pro abraço. Sem contar que com esse pacote fui recebida pelo próprio Rolando no aeroporto de Cusco que me apresentou a cidade e me deu dicas  importantes de como não sofrer do mal de altitude e que lugares bacanas eu poderia ver em Cusco.

O mal de altitude: Cusco está a 3.600 metros de altura aproximadamente. É primordial deixar o primeiro dia pra descansar , comer leve , tomar um chá de coca e dormir. Me senti uma lagarta. Nas farmácias vendem umas pílulas chamadas soroche pills que é pra isso (vai saber de que são feitas) . Fiz tudo como manda o figurino e fiquei bem. No terceiro dia larguei as tais soroche pills e senti o porradão do mal de altitude  de uma só vez. Parece que alguém está empurrando você . Andava dois passos e ficava cansada . mas não morri, pelo contrário zoei todas. Algumas pessoas não sentem nada, mas eu senti. Se você seguir os passos é possível que fique ok. Machu fica mais baixo do Cusco e lá não tem tanto esse drama. Por isso é bom deixar Machu Picchu pro terceiro dia , nunca na chegada.

No meu passeio o ônibus pegou a gente no hotel as 8 am , rodamos o dia todo em vários lugares , de tarde chegamos a Ollantaytambo e de lá pegamos o trem pra Aguas Calientes. Me senti Harry Potter indo pra Hogwarts !

IMG_5604 IMG_5606

Aguas Calientes é bem feinho e o povo vai lá só pra dormir , então na verdade você não leva a mala de viagem, vai com uma mochilinha com uma muda de roupa pra passar a noite e subir ao parque no dia seguinte. Por isso que todo mundo que vai pra lá fica com esse aspecto de hippie 🙂 Eu pensei que era pra tirar onda, só que não, eles não deixam levar a  mala porque você vai num bus de passeio, a touca você compra porque é turista e o casaco é porque tá frio mesmo.

IMG_5740

Quando desci do trem sozinha tinha uma multidão de gente , mas a agência era organizada e tinha uma carinha com cartaz me esperando pra me levar pra pousada.

Algumas pessoas fazem a trilha Inca, confesso que não é pra mim, além de não aguentar o tranco eu queria sair bonita na foto ,então acordei linda e fresca em águas, dei uma garibada no visual e subi linda e bela . Me chamem de fútil, mas não me tirem o glamour rsrs.

De manhã cedo todo mundo vai pra fila do ônibus que sobre pro Parque em 10 minutos. Se você tiver disposição vai as 5 am pra ver o nascer do sol lá em cima que dizem que vale a pena. Eu cheguei as 8 am já cheia de amigos que tinha feito em Cusco , então jamais me senti sozinha.

A chegada ao Parque é mágica. A vista das montanhas que não aparecem nas fotos clássicas onde só mostram o Wayna Picchu são absolutamente de tirar o fôlego , parece uma cadeia de montanhas coberta por um grande tapete verde escuro. Morri de amor pra sempre.

DRI_1525

DRI_1541

DRI_1562

DRI_1566

IMG_5634

O meu guia era gente boa e a verdade é que a história do lugar é incrível, achei legal fazer a primeira hora guiada porque depois das explicações você fica solta pelo parque pra tirar todas aquelas fotos que sonhou em postar no facebook hahahaha.

DRI_1581

DRI_1589

DRI_1607

DRI_1600

DRI_1618

DRI_1678

DRI_1798

DRI_1826

DRI_1830

Não esqueçam de levar água e lanchinho porque lá não vende e na entrada do parque é tudo caro ! De manhã fez frio, mas depois morri de calor . Um videozinho palhaço pra vocês 🙂

Fiquei lá correndo atrás das lhamas e meu amigo Jônata se entendeu bem com elas 😛

DRI_1791

DRI_1868

Paz total. Realização . Alegria. Superação . Beleza . Felicidade . Essas foram algumas das sensações que Machu me deu de presente !

DRI_1645 Você pode ficar no parque até as 16h . Eu já fiquei cansada tipo 13h e voltei pra Águas Calientes pra almoçar e esperar o trem. Quando desci nesse mesmo dia , caiu um toró daqueles de floresta equatorial.

DRI_1905

DRI_1909

Então como estava acabando o mundo só me restou sentar no bar pra beber com meus amigos de copos. Acho que bebemos todo o estoque de Cusqueñas do bar. E essa foi a nossa forma de comemorar a nossa façanha ! Passaporte carimbado, fotinho pro instagram , então vamo beber  !!!

IMG_5726

IMG_5729

IMG_5753 * A Cusqueña virou nosso caso de amor no Peru.

Esse dia  ficamos esperando o trem pra voltar pra Ollantaytambo , enquanto a chuva caía forte e dávamos risadas  com um nível de teor alcoólico elevado.

Anúncios
Machu Picchu – Peru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s