Era uma vez uma vida…

Oi gente ! Maravilha  começar 2015 com idéias novas. O carnaval ainda não passou então aproveito a deixa pra continuar celebrando o ano novo  com minhas idéias mirabolantes de “vou dominar o mundo ” (risos) image Hoje fui nadar na academia aqui do lado de casa, tive que dividir a minha raia com outra aluna . Papo vai papo vem …De onde você é ? De Barcelona , vim parar em Buenos Aires por causa do amor . Ai jura? Eu também, sou do Rio de Janeiro e vim pra cá por causa do amor . Ai jura?  Amo sua cidade , moraria em Barcelona , etc.  Ploft ! Entre uma braçada mal dada e outra (porque eu ainda não dominei o mundo esportivo , né? Ninguém é perfeito) fechei meu horário na piscina em altos papos com minha nova amiga e vizinha. Terminamos falando de psicologia, viagens e problemas da vida (tudo isso de touca de natação, pensem) .

Voltei pra casa toda feliz pensando: Poxa você vai ali na esquina e sua vida muda toda hora, mas justamente nesses dias que você está cuidando da própria vida é quando a magia acontece. Na verdade não é magia, é muito trabalho interno pra me aproximar de quem eu devo ser como já dizia minha linda Frida Kahlo . E sendo quem eu realmente sou as chances de encontrar o que você precisa se multiplicam.

Cheguei em casa super feliz e continuei emanando boas energias pro resto do meu dia .

E aí aquela idéia que vinha me perseguindo faz um um tempo tomou forma num passe de mágica : Tá na hora de escrever suas experiências. A coisa que mais amo fazer na vida é viajar e fotografar. A verdade é que as vezes conto parte das minhas viagens no meu blog de trabalho, pra quem não sabe, entre outras coisas sou fotógrafa e podem ver como ganho o pão de cada dia aqui  . Só que as coisas que tenho vivido nessas minhas andanças pelo mundo são tão ricas que achei legal criar um espaço pra contar minha visão das coisas.

Acompanho muitos blogs maravilhosos de viagens e de life style e curto cada um deles, mas dessa vez eu quero contar minhas aventuras com a minha visão de mulher de 35 anos. Não é velha, não é nova, é mulher. Tô me achando nesse papel e a verdade é que tô gostando . Portanto não se trata apenas de enumerar minhas viagens sonhadas e contar pra vocês qual hotel ou comida eu curti mais . Acho que isso  faz parte, mas tá na hora de compartilhar minha essência.

A parte legal de criar um blog e que você não sabe quem vai ler e até mesmo se vão ler, mas o blog é meu , a brincadeira é minha (quem nem quando a gente era criança e virava a dona da brincadeira hahaha) .Então se não servir pra ninguém pelo menos vai servir pra mim. Isso é bom, né?

A idéia é falar de mim e isso inclui contar minhas viagens e vivências morando fora do Brasil  porque cada quilômetro vivido na minha vida tem a ver com transformações pessoais e escolhas que muitas vezes foram feitas quando eu não sabia nem ler e nem escrever (acreditem) .

Escolhi escrever em português simplesmente porque vivo em outro idioma e trabalho em espanhol, então falar português pra mim é uma forma de matar a saudade do Brasil e receber toda essa gente maravilhosa que me ensina coisas do Oiapoque ao Chuí.

Porque dou enfâse na minha idade? Porque tudo que eu planejei pra quando eu fosse uma  mulher de 35 anos aconteceu de outra forma.

Eu queria morar na Argentina desde criancinha e consegui. Eu queria casar com o amor da minha vida ( ou o que eu achava que era o amor da minha vida naquele momento)  e consegui. Eu queria ir pra Europa conhecer Paris e consegui. Eu queria formar uma família porque afinal marido eu  já tinha então mais do que óbvio que o próximo passo seria ser mãe…. e aí pluft … a vida desandou… eu não consegui … meu casamento ruiu, minha casa ruiu, a idéia do que eu tinha sobre uma pessoa ruiu, as relações que eu tinha com uma família inteira ruíram…. e o desejo de formar minha família foi embora tipo o vaso sanitário quando você dá descarga sabe?  Junto com a água não foi só o projeto falido foi o marido, a sogra, o dinheiro,o carro, as esperanças,  a auto-estima  ( e uma listinha de coisas que não caberiam aqui no post).

Um dia só sobrou eu , minha câmera de fotos e meu cachorro.

Entrei num apartamento lindo, novinho em folha, sem móveis e  sentei no chão de porcelanato chique com vista do quinto andar .E comecei a chorar . As caixas a minha volta só tinham meus livros e minhas fotografias.

Até hoje eu sei a localização geográfica exata do quadradinho de porcelanato onde  sentei pra chorar a minha vida que não tinha sido.

Minha nova vida tinha mais o menos o sabor de um abismo . E sem pára-quedas eu peguei minhas caixinhas e subi na boléia do caminhão de mudança com dois carinhas que nunca vi na vida . Naquele dia minha Scarlett O’Hara desceu igual a uma baiana e falei pra mim mesma : Jamais sentirei fome novamente . A cena foi tão forte que em Madrid comprei um ímã de geladeira com  a foto do filme “E o vento levou ” e coloquei lá só pra não esquecer esse momento que vivi.

image (Minha Scarlett O’Hara na geladeira e o Tugui , meu filho de 4 patas )

Bom, e aí resumindo, fiquei ali naquela água do vaso sanitário me afogando em mágoas e dores quase 1 ano e meio. Fiquei pedindo o divórcio pro meu ex-marido igual uma louca desesperada durante todo esse tempo ( a lei argentina ainda está antiga e este ano aprovaram o divórcio express que entra em vigência no final do ano)  , não compreendi ainda muito bem porque e nem qual é o benefício ,  mas o cara (esse aí que era o amor da minha vida )  não somente não resolveu o caso comigo, não assinou, não respondeu  meus emails, não deu retorno nem com advogado , como por causa de uma lei velha que graças a Deus expira este ano , não pude fechar um ciclo legal . Pasmem : Sou uma mulher casada no papel !

Não consegui me divorciar  ! E tenho um “marido” que não conheço mais e nem convivo ! E tenho que ficar assinando papéis pra fazer tramites dizendo que sou casada ! Tenso !

Poxa, mas quando eu casei eu não fui sozinha ao cartório . Eu fui acompanhada do tal homem da minha vida, fomos lá e pedimos pra casar. Porque pra separar esse sujeito não faz o que eu quero??? Porque ele não fecha o ciclo comigo ora bolas,  afinal eu sempre tive tudo que pedi a Deus. Só que não.

Ah mas eu queria ter tido a vida perfeita : só que não. Ah mas eu já queria ter tido filhos : só que não. Ah mas eu queria ter tido uma separação amigável : só que não. Ah mas eu queria já estar divorciada : só que não. Ah mas eu não queria ter medos , nem dificuldades econômicas e emocionais : só que não. Ah mas eu queria que algo acontecesse pra que minha vida mudar , tipo vai que eu conheço “o cara ” : só que não. Ah mas eu já queria estar 20 kg mais magra : só que não. Não funciona assim.

Primeiro você segura essa rabuda aí toda que é a sua vida e toma posse da sua história e depois você pensa como continua o resto dos capítulos.

A vida diz que não. As portas batem na sua cara em todos os sentidos, mas aí é quando você finalmente se liga que tá boiando naquela água do vaso sanitário e puxa a descarga !

Estou ficando expert em divórcios ( e casamentos) .

Em primeiro lugar faço fotografia de  casamentos (pense ), vivo e pago contas contando histórias de amor. E com gente que escolhe viver feliz para sempre. Eu vejo gente apaixonada o tempo todo (tipo o molequinho do Sexto Sentido, só que gente apaixonada)

Em segundo lugar , entre  todas as viagens e descobertas que fiz nestes últimos 18 meses  , a vida estava me dizendo: Ei querida cresça  ! A imponderável vida bateu à minha porta e me disse : Ou você muda ou você se afoga naquela água.

Eu resolvi mudar. E doeu, pra caralho. E ainda dói , pra caralho. (desculpem mas nada resume melhor o tamanho da dor do que “pra caralho”) . Porque se a responsabilidade é minha , não sobrou ninguém pra culpar!

E aí eu finalmente entendi que quando essas coisas que eu chamo tragédias acontecem , e que podem ser perdas, acidentes, situações , etc. (cada um com suas tragédias pessoais) , é a vida nos convidando a aprender a lição e a tomar as rédeas daquilo que te pertence : a nossa própria história.

No meu caso, tive que aprender do que eu precisava me “divorciar” , e com certeza , não era daquele homem. Era de uma série de crenças, de mandatos, de traumas e de coisas que por minha falta de experiência “casaram” comigo. E estou bem no meio desse processo complexo !

E sim, serei dessas que vai ter que contabilizar marido ( tipo primeiro, segundo …) .  Mas quando essa parte chegar eu espero que este blog já esteja bombando  porque o que pretendo contar aqui é meu amor por viagens, porque sou essa cidadã do mundo e de toda essa gente interessante que fui topando nas minhas andanças. O que aprendi com o que a vida não planejada fez de mim e o que pude planejar a partir dessa mudança.

O mundo tem 360 graus de possibilidades. E mesmo que você  fique um longo tempo girando em torno de apenas uma delas, as possibilidades sempre estão ali, feito fruta no pé esperando você levantar a cabeça e avistar as uvas !

E sim, eu pareço bem resolvida : só que não.

E sim eu pago minhas contas , moro num bairro lindo de Buenos Aires, meu apê é descolado e viajo sempre que posso , e mesmo sem dinheiro consigo passagens aéreas em troca de trabalho. E consigo dinheiro nos 45 do segundo tempo pra pagar meu cartão de crédito . E tenho uma família linda e amigos incríveis que me acompanham . E sim eu mudei de país, de profissão, de casa, de estado civil , de opinião… E sim, minha vida é interessante . Mas nada disso vem grátis. É fruto de muito trabalho interno e externo.E de muitas horas de vôo.

É por isso que abro meu coração neste blog pessoal. Porque minha vida mudou e acredito que ela possa ficar ainda melhor a partir deste espaço.

“Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho ! ” Tom Jobim

Adri

image-2

Anúncios
Era uma vez uma vida…

50 comentários sobre “Era uma vez uma vida…

  1. Thais disse:

    Adriana, parabéns!!!
    Seu texto foi tão lindo e transparente, que parece que te conheço a anos.
    Amei a delicadeza das palavras, até mesmo usando “pra caralho” rsrs.
    Que sua vida seja linda (e aprendi que isso não significa perfeita).
    Ps. Já era fã do seu trabalho, agora a pessoinha física ganhou minha admiração 😊

    Curtir

  2. Narla Rosa disse:

    Adriana!!!! Eu sou sua fã!!!! E cada dia mais e mais!!! Temos duas paixões em comum: BUENOS AIRES E FOTOGRAFIA!!! Tb sempre sonhei em morar em Bue, espero um dia conseguir e esse ano, se Deus permitir, irei começar meu curso de fotografia e sim, vc me inspirou!!!!! Sucesso sucesso sucesso!!!!! Bjssss

    Curtir

  3. Amiga, amei a idéia!!! Lendo seu post, ri, chorei, senti saudades de você e da sua alegria que é contagiante.
    Você é guerreira e te admiro muito por isso.
    Além do que, você escreve super bem.
    Vou ler sempre, assim me sinto mais perto de ti.
    Beijos

    Curtir

  4. Raquel Eggert disse:

    Amei o texto! Você se expressa muito bem com as palavras, assim como com as fotos!!! Vai me ver sempre por aqui! Desu te abençoe e alegre seu coração nessa nova etapa!!!
    Bjoks!!!

    Curtir

  5. Andrea disse:

    Oi Dri.
    Show de bola o seu texto. Me emocionei ao ler. Me identifiquei com varios trechos de sua historia mas, ao final da leitura é uma satistacao parar e pensar que SIM, apos as “trajedias”, temos as rédias de nossa propria vida.

    Me surpreendi com a frase “pareco ser bem resolvida …so que nao” pois é exatamente assim a imagem que eu tenho de vc , uma mulher Super Bem Resolvida que servia de exemplo qdo eu ha alguns anos atras estava construindo a nova andrea. E acredite vc mesmo sem saber me ajudou bastante com seu exemplo de personalidade.

    Sorte no Blog. Estarei te seguindo
    super beijo

    Curtir

  6. Rafaella disse:

    SEN-SA-CIO-NAL!!! Dri, parabéns pelo Blog e pela atitude de expor aqui um pouco da tua vida, dos teus sonhos, projetos e princiaplemente as experiencias de viagem! Super adorei!!! SUCESSO!
    beijos e mais beijos

    Curtir

  7. Putz amiga… como eu gosto de ti!!!
    E como me identifiquei com as tuas palavras!!! Horas, de uma forma inversa, horas outras.. de uma forma consoante, num mesmo ritmo, numa mesma passada, numa mesma idade!!! rs…
    Agradeço o dia que te conheci fotógrafa, em uma época em que (eu nem sabia!) estava começando o meu processo de divórcio com as minhas idéias de vida preconcebidas… e tuas imagens me cativaram, e me impulsionaram a te conhecer, na melhor versão: amiga!
    Te conto o meu caminho inverso: montei um blog tempos atrás, porque queria me expressar… mas, talvez por meio de palavras (eu, advogada, me utilizo delas todos os dias, para convencer sobre direitos!) não foi o melhor caminho… descobri na fotografia, um meio de me expressar! e advogada de família, habituada a viver os divórcios dos meus clientes, necessitava também contar, e viver, algumas histórias de amor, rs..
    Enfim… vou te acompanhar por aqui!!!
    Conte mais para a gente, de tuas experiências, de vida, de viagens, de comidinhas, do Tugui fofinho!
    Que Deus continue a te abençoar grandemente em todas as tuas empreitadas!!!
    Bjo no cuore!

    Curtir

    1. Oi amiga !
      Eu que fico feliz de ser acompanhada nisso e de te acompanhar em suas mudanças.
      Aquele dia nosso no café foi mais que especial e não sou mais aquela mesma pessoa, mas é maravilhoso olhar pra trás e ver minha transformação .
      Todo aquele sofrimento se foi e tá sobrando o que importa : a nova essência.
      Te adoro !
      Beijos nas duas sorellas !

      Curtir

  8. Kedma Francelize Santos disse:

    Parabens pela ideia e coragem!
    Ja ganhou outra fa!
    E por incrivel que pareca, justo hj, precisava ler algo assim…de alguma forma e sem saber vc me ajudou…
    obrigada e siga com todo este talento que Deus te deu!!! O Mexico sera pouco p/ vc!!! Bjao

    Curtir

  9. yandra disse:

    Nossa amiga…não sei nem o que falar diante de tanta coragem de colocar suas vitórias e também suas derrotas. Você é cada dia mais admirável pela mulher guerreira que é
    Beijos e sucesso!

    Curtir

  10. Belinha disse:

    Nossa Adriana, q história linda!
    Me emocionei, RI, refleti, me surpreendi…
    Mas, cheguei a conclusão q VC é uma guerreira destemida!
    Seu sucesso profissional é apenas uma consequência da pessoa especial q VC é.
    Toda felicidade e sucesso do mundo é o q eu desejo à VC. Pois, a final de contas VC participou com todo o seu talento, de um dos momentos mais importantes da minha vida!
    Bju gde no seu coração.

    Curtir

    1. Querida e eterna noivinha , Muito obrigada por ler o meu texto e me contar todas essas coisas que você sentiu ! Fico feliz de saber que chego ao coração das pessoas e tomo toda essa energia positiva como fonte para seguir sempre em frente ! Beijocasss

      Curtir

  11. DanMiyazaki disse:

    Texto incrível!! Já admirava seu trabalho, agora entendo de onde vem tamanha sensibilidade expressada nas suas fotos.

    Continue escrevendo…..vou ler sempre!!

    Bjos…sorte e sucesso em cada uma de suas escolhas

    Curtir

  12. Leila disse:

    Show de bola Adri!!! Escreve como gente grande mas com aquele ar que vc tem de menina travessa !!! Me gusta !!! Tras leveza ao texto, a vida , as relações e ao mundo!!! Te vejo por aqui !! Bjos

    Curtir

  13. Dri, li com seu tom de voz. Li dando as ênfases que você daria, o seu jeito de falar-sem-pausa-para-respirar-emendando-um-assunto-no-outro. Li sabendo da sua história, tendo acompanhado a sua mudança, sua nova vida, sua nova-nova vida… Li te conhecendo e conheci mais de você. Adorei cada linha. Texto honesto (difícil de ver, hoje em dia!), inspirador. Que você continue esta pessoa iluminada e que rode o mundo inteiro. E volte aqui para contar! ❤

    Beijos com saudades, Dadá

    Curtir

    1. OI Ana ! Tudo bem? Obrigada pelo carinho.
      Graças a Deus não validei meu casamento no Brasil. Um problema a menos pra resolver e por sorte a lei esse ano muda e vc não precisa mais do consentimento do outro pra resolver , então não estarei mais vulnerável a nenhum tipo de psicopatia. Beijos

      Curtir

  14. Ingrid disse:

    Amiga, q texto! Parabéns pela coragem e pela bela escrita! Mesmo longe e com a vida tão corrida, saiba q mora no meu coração!
    E nunca se esqueça : Deus sabe de todas as coisas! Desejo sucesso nesse novo canal de comunicação e que vc possa continuar contando suas histórias! 🙂 Beijo grande!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s